Você está aqui:
Meta 17 – 20 mil trabalhadores da cultura com saberes reconhecidos e certificados pelo Ministério da Educação (MEC)

1720 mil trabalhadores da cultura com saberes reconhecidos e certificados pelo Ministério da Educação (MEC)
Reconhecer os saberes de 20 mil trabalhadores de todas as áreas da cultura e dar a eles certificação profissional

O programa Rede Certific, do Ministério da Educação (MEC), surgiu como uma das iniciativas do Governo Federal para a certificação profissional dos trabalhadores brasileiros. Por meio desse programa, podem ser certificadas pessoas que têm conhecimentos muito específicos.

Esses conhecimentos podem ser habilidades, atitudes e competências dos trabalhadores da cultura e independem da forma como foram adquiridos.

Ao reconhecer a competência do conhecimento adquirido fora das escolas, a certificação profissional promove a produtividade e atua na inclusão social e profissional. Por exemplo, mestres da cultura popular e tradicional, como artesãos, rendeiras e tocadores de tambor, depois de certificados, poderão ser chamados a ensinar seus conhecimentos nas escolas.

 


Como esta meta está sendo medida

Pelo número de pessoas certificadas por programa federal de certificação profissional no campo da arte e cultura, a partir de 2011.


Situação atual da meta

Ressalta-se que, em 2016, não foi iniciado o reconhecimento e a certificação de trabalhadores da cultura, por meio da Rede Nacional de Certificação Profissional e Formação Inicial e Continuada – Rede CERTIFIC. O Certific se constitui como uma Política Pública de Educação Profissional e Tecnológica voltada para o atendimento de trabalhadores, jovens e adultos que buscam o reconhecimento e certificação de saberes adquiridos em processos formais e não formais de ensino-aprendizagem e formação inicial e continuada


O que foi feito em 2016 para alcançar esta meta

O Ministério da Cultura firmou o Acordo de Cooperação Técnica 001/2016 junto ao Ministério da Educação que prevê o estabelecimento de ações de reconhecimento dos mestres de saberes tradicionais nos processos formativos na educação básica, no ensino técnico e profissional e educação superior.

No âmbito do acordo, entre as ações intersetoriais a serem implementadas, destaca-se “promover ações de certificação de saberes pelo MEC a trabalhadores de todas as áreas da cultura. Com essa amplitude, desenvolver programa de reconhecimento de mestres e mestras dos saberes populares e tradicionais no campo da docência e pesquisa, no âmbito da educação básica e superior, de alcance nacional.”

Saiba mais:

 


Veja todas as metas que também estão nos temas : 

Ver mais metas marcadas com as tags: 

Notícias Relacionadas

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Enviar arquivos

É possível colocar imagens ou outro tipo de arquivo, junto com o seu comentário. Clique no botão abaixo, para selecionar e enviar o arquivo. Você pode enviar quantas imagens forem necessárias, cada imagem será mostrada junto de seu comentário.