Você está aqui:
Meta 03 – Cartografia da diversidade das expressões culturais realizada em todo o território brasileiro

03Cartografia da diversidade das expressões culturais realizada em todo o território brasileiro
Produzir um mapa das expressões culturais e linguagens artísticas de todo o Brasil

O mapa pretende revelar a diversidade cultural em todo o território nacional, completando o que já existe de mapeamentos, estudos e pesquisas sobre a diversidade cultural brasileira.

A cartografia da diversidade cultural brasileira deve abarcar as especificidades culturais de cada estado e todas as expressões do patrimônio artístico e cultural brasileiro (material e imaterial). Isso significa que serão mapeadas tanto as expressões das linguagens artísticas (teatro, dança, circo, artes visuais, música, entre outras), como aquelas de grupos sociais representantes de vários segmentos de nossa diversidade. Entre esses segmentos estão: povos de terreiro; povos indígenas; ciganos; culturas populares; imigrantes; lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs); mulheres; pessoas com deficiência ou transtornos psíquicos; mestres de saberes e fazeres tradicionais; crianças, jovens e idosos.

O levantamento cartográfico será constantemente atualizado no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC).

 


Como esta meta está sendo medida

Publicação, em meio digital, do mapa interativo e colaborativo da diversidade das expressões culturais em território brasileiro no âmbito do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) com informações de, ao menos, 70% dos municípios de cada unidade da federação.


Situação da meta

Em 2016, a quantidade de municípios com informações no SNIIC era de 5.431 municípios.

Fonte: Mapas Culturais/ Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC)

Data de atualização: 31/12/2016

OBS: O DF não foi considerado na tabela por não possuir municípios.


O que foi feito em 2016 para alcançar esta meta

Em 2016, o MinC desenvolveu a Rede da Economia Criativa do Brasil (ReCria), que é uma plataforma colaborativa que, além de articular os Observatórios Estaduais da Economia Criativa (OBECs) e as Incubadoras integrantes do programa Brasil Criativo, tem como proposta ser um ambiente interativo para artistas, pesquisadores, agentes culturais e seus segmentos criativos, integrando, assim, sociedade, estado e setor produtivo.

Além disso, em parceria com a UFG, deu início ao Grupo de Trabalho Ontologias da Cultura cujo objetivo principal é a padronização dos conceitos associados a dados e informações culturais.O grupo conta com a participação de representantes convidados de órgãos públicos gestores de cultura e representantes da sociedade civil.

No âmbito da capacitação, o MinC promoveu a capacitação de 132 Gestores e Desenvolvedores da Plataforma Mapas Culturais.

O Iphan, em parceria com a UFPA, desenvolveu o projeto Mapa Etno-Histórico de Nimuendajú. Esse mapa documenta a diversidade social e cultural do território nacional e adjacências, reunindo mais de 900 referências bibliográficas e etnográficas sobre os povos indígenas, desde o século XVI até meados do século XX.

 Saiba mais:


Veja todas as metas que também estão nos temas : 

Ver mais metas marcadas com as tags:  .

Notícias Relacionadas

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Enviar arquivos

É possível colocar imagens ou outro tipo de arquivo, junto com o seu comentário. Clique no botão abaixo, para selecionar e enviar o arquivo. Você pode enviar quantas imagens forem necessárias, cada imagem será mostrada junto de seu comentário.