Você está aqui:
Meta 19 – Aumento em 100% no total de pessoas beneficiadas anualmente por ações de fomento à pesquisa, formação, produção e difusão do conhecimento

19Aumento em 100% no total de pessoas beneficiadas anualmente por ações de fomento à pesquisa, formação, produção e difusão do conhecimento
Dobrar o número de pessoas que recebem apoio para pesquisa, acadêmica ou de linguagem, nas áreas da cultura

O apoio à pesquisa torna possível desenvolver o conhecimento no campo da cultura, das linguagens artísticas e do patrimônio cultural. Entre as ações que podem incentivar a pesquisa e a produção e difusão do conhecimento estão o apoio para participação em congressos e outros encontros científicos, distribuição de bolsas e instituição de prêmios para pesquisa e formação.

 


Como esta meta está sendo medida

Pela média anual do número de pessoas beneficiadas por programas de fomento à pesquisa e difusão do conhecimento, incluindo concessões de bolsas, prêmios de pesquisas, residências artísticas e intercâmbio para formação, realizados pelo Ministério da Cultura e suas as instituições vinculadas, em relação à média do número de pessoas beneficiadas aferida em 2010.


Situação da meta

É importante ressaltar que o ano de 2016 registrou uma queda de 9% em relação ao ano de 2010.

Fontes: Ministério da Cultura e suas instituições vinculadas 

Data de atualização: 31/12/2016

*A unidade não forneceu as informações.


O que foi feito em 2016 para alcançar esta meta

A FBN concedeu 19 bolsas a pesquisadores, por meio do Edital do Programa Nacional de Apoio à Pesquisa

A FCP realizou o projeto “Rede de Agentes Sociais – com enfoque na cultura afro-brasileira” , que consistiu na realização de dois encontros em Belo Horizonte, com representantes de associações civis e movimentos sociais.

A FCRB concedeu 79 bolsas por meio Programa de bolsas de incentivo à produção do conhecimento técnico e científico.

A DLLLB concedeu bolsas para as seguintes categorias: a) criação literária; b) circulação e difusão literária; c) formação literária; d) pesquisa literária

A SAv fomentou duas pesquisas sobre a demanda de consumo do audiovisual no Brasil, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Além disso, apoiou 15 estudantes brasileiros na escola de Cinema de Cuba

A SEC concedeu 8 bolsas para alunos de graduação, pós graduação e docentes, para o projeto Territórios Criativos – Paraty, Valença, Madureira-RJ e Cariri-CE: práticas de pesquisa e ações propositivas que têm como finalidade principal o reconhecimento da diversidade cultural, bem como o espaço das diferenças, amparado na especificidade dos territórios e no reconhecimento de processos e práticas identitárias que os constituem. Além disso, beneficiou 117 pesquisas no âmbito do Observatório Brasileiro da Economia Criativa (OBEC)

A SCDC realizou as seguintes atividades:

    • Concedeu 10 bolsas para aluno e pesquisador por meio do IV Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura
    • Concedeu 40 bolsas para aluno e pesquisador por meio do Programa Mais Cultura nas Universidades, parceria entre MinC e MEC, nas 101 Instituições Federais de Ensino Superior – IFES do país, tendo sido classificadas 98 instituições no Edital Mais Cultura nas Universidades.
    • Concedeu 35 bolsas para aluno e pesquisador por meio do Projeto Corredor Cultural, que trata da organização de eventos para a circulação dos fazeres artísticos-culturais produzidos nos Instituto de Ensino Superior da rede pública, distribuída em cerca de setenta cidades nos seguintes Estados: Espirito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
    • Firmou Acordo de Cooperação Técnica junto ao MEC, com vistas ao desenvolvimento de ações conjuntas para a implementação de uma política articulada e integrada entre cultura e educação, mediante a instituição do Programa Interação Cultura, Educação e Cidadania. Tendo como um dos objetivos universalizar a presença da Cultura e das Artes, como estruturantes da reorganização curricular nas instituições de educação básica, superior e técnico-profissionalizante. Lançou o Programa Nacional de Formação Artística e Cultural – PRONFAC (Portaria/2016) que tem como um dos objetivos implantar a Política Nacional de Formação Artística e Cultural, de maneira a promover o acesso aos meios de educação, formação, capacitação, qualificação profissional e pesquisa em arte e cultura, desde a educação infantil até a pós-graduação.

 

A Funarte realizou as seguintes atividades:

    • Concedeu 59 bolsas de “Formação em Artes do Circo” para alunos que frequentam o curso de formação da Escola Nacional de Circo.
    • Concedeu 19 bolsas “Funarte para Formação em Artes Cênicas”, que tem como objetivo o desenvolvimento de projetos de residência e aperfeiçoamento artístico nas áreas de circo, dança e teatro.
    • Realizou um estudo por meio do “Encontro Funarte de Orquestras Ligadas a Projetos Sociais”, que teve a finalidade de reunir dirigentes de orquestras infanto-juvenis, para conhecer suas necessidades, instalações, fontes de recursos, formas de trabalho, concepções didáticas, ligações com instituições análogas.
    • Publicou seis obras da Edição Funarte, que buscam contribuir para a divulgação, a memória e a reflexão sobre as políticas para as artes no Brasil e suas respectivas linguagens artísticas – música, teatro, dança, circo e artes visuais por meio de publicações de títulos inéditos, reedições e/ou traduções a cada ano.
    • Imprimiu 04 volumes do “Programa Novas Edições Funarte” que comporão o projeto Coleção Ensaios Brasileiros Contemporâneos, iniciado em 2015: Música; Cidades; Indisciplinares e Problemas de Gênero.

 

 


Veja todas as metas que também estão nos temas : 

Ver mais metas marcadas com as tags: 

Notícias Relacionadas